Dor de Amor

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Olá meus apaixonadinhos! =3
Como vocês estão?

Eu? Como sempre apaixonado, carinhoso e calminho... #calminhoémentira 
Esse poema é novinho, achei ele um pouco simples de mais, porém, inocente e sincero. Eu busquei inspiração na pessoa que amo muito e este poema acabou fluindo ao som de Adele, essa fofa! ^^ Então vou colocar um videozinho de uma musica dela aqui tá bom?

Adoro vocês
Espero que curtem. Ah! COMENTEM pelo amor de Deus! Sem os comentários de vocês como vou saber em quê melhorar?
Beijinhos, Alexandre.



Dor de Amor

Nossos olhos
Entrelaçam-se a todo tempo.
Eles dançam tango,
Eles estão apaixonados...

Percebemos o acontecimento
Paralisando todo o tempo, o momento
Em que nossos corações balançam.

Do olhar
Aproximamos um do outro
Você me toca sem exitar;
Estremecendo meu corpo.

Do toque
Nossas bocas se aproximam levemente
Calmamente se aconchegam; pobre
Dos olhos que se fecham lentamente...

Do abraço
O arrepio na espinha
O aconchego dos seus braços
Entrelaçados em volta de mim, minha...

Querida, paixão
Meu querido, amor
Meu querido, coração
Minha querida, dor.
Dor de amor.

Alexandre Augusto

7 Comentários:

SnAKe! disse...

ouuuunh!
fui lendo e imaginando coisinhas...
nada como estar com quem mexe com a gente! ^^
adoro seus poemas!
Manú

Only Myself disse...

qUE LINDO aLê!!!
Nossa, amar realmente te inspira!!!
Você me deixou com inveja...kkkk
Ameiii

Filipe Dias disse...

reforma no blog? ficou bom, mais poetico.


o poema ficou bom...

parebens

Matheuslaville disse...

O que seria o mundo sem poemas?....

Anônimo disse...

é o amor ,UI

[ADM]Gustavo D. Ace disse...

Bom Trabalho :33 Parabéns!

Rander disse...

Adorei este poema bom eu sei do que se trata realmente. BJSS

 
Poemas e Borboletas © Copyright | Template By Mundo Blogger |